Painel 9 - O caminho das estrelas - Nautilus

Ações de ‏@NautilusMag

Que já estudamos e o foco desta unidade.

Foco desta aula: O homem situando-se no espaço e no tempo. Conhecendo o tempo e o espaço através de medidas. O espaço geográfico como espaço do homem. A representação do espaço em geografia através de técnicas cartográficas.

 

 

Tempo e espaço são as duas referências fundamentais do homem. Estamos sempre num certo lugar, num determinado tempo. Cada ação nossa pressupõe um espaço, um certo decurso de tempo, uma situação e a geração de um contexto onde os fatos ocorrem e adquirem sentidos. Nada ocorre fora das coordenadas de espaço e tempo em nossas vidas.

Tópico 1  A construção de nossas referências geográficas e existenciais.

Embora espaço ( aqui, ali, acolá) e tempo (ontem, hoje e amanhã, cedo, tarde, j’, agora) sejam noções abstratas, elas adquirem concretude como referências em nossas vidas.

 

 

Se, em relação ao espaço podemos responder às perguntas “- Onde? Aonde? Para onde?” sempre nos referindo a uma certa área, território, extensão ou região onde algo ocorreu, em relação ao tempo podemos responder à pergunta “- Quando?”.

 

E quase sempre diremos que faremos algo num certo tempo e num determinado espaço.

 

Estaremos sempre referenciados a um tempo e a um espaço.

Exercício Tópico 1 - DESCREVA AS 6 IMAGENS NUMERADAS nas linhas abaixo E APRENDA A USAR ADVÉRBIOS DE LUGAR E DE TEMPO.

Siga estas instruções.

 

Considere as gravuras acima. Use palavras ou expressões que indiquem a posição (espaço) dos carros, pessoas ou objetos das gravuras.

 

Modelo de resposta:

 

 

Os alunos deverão usar expressões em frases como: aqui, ali, acolá, em baixo, em cima, ao lado, dentro, fora, em frente, atrás, à esquerda, à direita de...sempre fazendo menção a um referencial : “em cima da ponte”, por exemplo.

Respostas:

 

1:_________________________________________________________________

2:_________________________________________________________________

3:_________________________________________________________________

4:_________________________________________________________________

5:_________________________________________________________________

6:_________________________________________________________________

Tópico 2  Conhecendo e se orientando no tempo.

Ao nos orientarmos no eixo do tempo, devemos estar aptos a medir ou descrever o tempo decorrido. Podemos pensar o tempo em segundos, minutos e horas em termos de nossas atividades do dia a dia.

Podemos pensar em tempo presente, passado e futuro e medir ou descrever o tempo em dias, meses e anos.

  1. o presente – o dia, o momento em que estamos vivendo;

  2. no passado - dias, meses e anos que já vivemos;

  3. no futuro – dias, meses e anos que virão.

Podemos pensar o tempo em medidas ainda maiores:

  • biênios (dois anos);

  • triênios (três anos);

  • quadriênios (quatro anos);

  • quinquênios (cinco anos);

  • decênios ou décadas;

  • cinquentenários (comemorações de cinqüenta anos);

  • centenários e séculos (cem anos);

  • milênios (mil anos).

Tópico 3  Conhecendo o espaço e o tempo através de medidas.

Ao procurarmos conhecer ou descrever o espaço, temos de pensar as medidas de superfície, as distâncias entre acidentes geográficos ou pontos referenciais.

 

Se medirmos pequenas distâncias, a distância entre dois móveis, uma pequena parede, uma pequena superfície de madeira, a pia da cozinha, um terreno, usamos uma fita métrica ou uma trena.

 

A medida padrão será o metro (m) com seus múltiplos - decâmetro (dam)=10 m , hectômetro (hm) = 100 m, quilômetro (km) =1.000 m

e submúltiplos decímetro (dm) – 0,1 m, centímetro (cm) 0,01 m e milímetro (mm) 0,001 m.    

Se medirmos distâncias entre cidades, uma rodovia, uma área de florestas, usamos instrumentos mais complexos como o teodolito, fotos aéreas, sensoriamento remoto através de satélites e mapas com escala já calculada e feitos a partir destes levantamentos, onde podemos calcular estas distâncias, normalmente em quilômetros e ter acesso aos acidentes geográficos.

Entenda a razão de você estudar Matemática e Geografia.  Discuta em sala sob orientação de seu professor(a).

Tópico 4  O espaço geográfico como espaço/tempo do homem.

O espaço geográfico, objeto de nosso estudo em Geografia, é o espaço que vivenciamos. Interagimos com ele todo o tempo de nossa vida. Com ele nossos pais e avós interagiram e foram montando o espaço como hoje conhecemos.

 

Imagine que sua rua nem sempre foi como é hoje. Pode ter sido uma rua sem calçamento, pode ter sido uma trilha no mato, um matagal ou parte de uma floresta, ao longo do tempo. Com o uso do espaço, uma área de florestas como a do Rio de Janeiro, se tornou numa cidade como a que conhecemos.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Baía_de_Guanabara

baía de Guanabara é uma baía oceânica localizada no estado do Rio de Janeiro, no sudeste .... A partir da década de 1990, começou a ser objeto de um grande projeto de recuperação ambiental, com verbas do Banco Interamericano do Desenvolvimento,

Exercício 4

Pesquisa

 

Analise todos os mapas que identificamos e, a partir de seu endereço, procure fazer uma pesquisa identificando em mapas de sua região, sua rua, bairro, município, estado, país, continente. Encaminhe sua pesquisa ao seu professor. Use o Google map e o Google View.